Instituição de resgate mnemônico da história municipal de Esperança, Parahyba

Pesquisar este blog

terça-feira, 30 de junho de 2015

1976: 50 mais

1976: A proprietária de um Bar-restaurante em Esperança supostamente divulga a lista dos “50 mais”, apregoando em uma porta o material mimeografado. Na época o juiz decretou a prisão da acusada. Após sair do xadrez e se dizendo ameaçada ela deixou a cidade. O conselho partira do próprio magistrado. A ré argumentava a sua inocência, pois até o nome de seu marido estaria na listagem; alegava que tudo não passara de armação dos concorrentes, e que após a divulgação o seu movimento comercial caiu quase a zero. Na época chegou a correr um boato que uma nova lista com outros 100 nomes iriam ser divulgados, o que não chegou a acontecer.


Rau Ferreira

Leia também: