Instituição de resgate mnemônico da história municipal de Esperança, Parahyba

Pesquisar este blog

sexta-feira, 3 de julho de 2015

1910: Antônio Silvino procura Padre Almeida

1910: Antônio Silvino procura o vigário de Esperança – Francisco Gonçalves de Almeida – demonstrando certo arrependimento, e buscando ajuda para sair daquela vida desregrada. O padre sensibilizado vai ter com o Presidente da Parahyba Dr. João Machado, que apesar da atenção dispensada ao religioso, disse que nada poderia fazer, pois somente o júri decidiria a situação do cangaceiro. A despeito da promessa feita pelo paroquiano, o “Capitão” aguardou o desenrolar dos acontecimentos. Parecia regenerado, dispensando até mesmo alguns de seus “cabras”. De repente veio a resposta ao seu indulto: Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco celebravam um acordo para acabar com o Cangaço a qualquer pretexto. Diante dessa “traição”, retoma Antônio Silvino a sua vida de fora da lei até que for preso pela volante em 27 de novembro de 1914.


Rau Ferreira

Leia também: