Instituição de resgate mnemônico da história municipal de Esperança, Parahyba

Pesquisar este blog

sexta-feira, 17 de julho de 2015

1949: Votação polêmica

Votação polêmica da Câmara regulava o subsídio (ordenado) do prefeito de acordo com o salário mínimo pago aos trabalhadores rurais. Na época, o legislativo mirim estipulou os vencimentos do gestor em CR$ 10,80 (dez cruzeiros e oitenta centavos) diários, valor esse que era recebido por um bóia fria. Administrava o município Júlio Ribeiro da Silva, sendo vice Elias Barbosa Monteiro. A decisão teve ampla repercussão no Estado.


Rau Ferreira

Leia também: